BGS 2015| Testamos Rise of the Tomb Raider e está sensacional!

O décimo primeiro título da franquia Tom Raider nos deixou com água na boca e com um gostinho de quero mais.

Já podemos declarar que a Brasil Game Show é o melhor evento que pode existir para os gamers brasileiros e para quem não se aguenta de ansiedade para testar os melhores jogos do ano. Podemos circular pelos estandes desde o dia 08/10, aberto para imprensa, business e VIP, e tivemos a oportunidade de testar cada um dos mais esperados para o final do ano. E para vocês que não foram ou não tiveram oportunidade de jogar todos os lançamentos, postaremos nos próximos dias reviews para dizer se vale a pena ou não, quais foram as nossas impressões do game e algumas especificações. Vamos lá entrar no mundo das perdições?

E o primeiro da lista que estávamos nos roendo para contar tudo é o (rufem os tambores) Rise of the Tomb Raider!! Sim, mais uma vez veremos as aventuras de Lara Croft em cavernas, tumbas ou no meio do gelo como em Kitezh, uma cidade russa, que contém alguns segredos em relação a fórmula da imortalidade.

A demonstração de Rise of the Tomb Raider na BGS era de portas fechadas para que nenhuma foto ou vídeo fosse gravado do gameplay que alí era apresentado, uma pena na verdade, pois muito mais gente ficaria com o hype lá no alto.

A demo logo se inicia com Lara em apuros na entrada de uma ruína, passando por passagens apertadas e escapando da inundação do lugar, quando tempos algum tempo para respirar, somos surpreendidos por várias armadilhas em que devemos pensar rápido para não morrer.

Ao jogar um jogo de exploração, normalmente ficamos perdidos, mas não se preocupe! Se por acaso você ficar perdido, basta apenas pressionar o analógico direito para que algumas pistas sejam reveladas, que ajuda e muito caso não saiba o que fazer.

No meio de tantos puzzles aquáticos e pergaminhos para treinar o conhecimento de línguas antigas, percebemos que Lara não é uma super heroína, incapaz realizar tarefas sobre-humanas e de sair de obstáculos totalmente impossíveis de escapar.

Por fim, Rise of the Tomb Raider tem o potencial de fixar o retorno grandioso de Lara para os videogames e a possibilidade de ocupar o lugar de melhor do ano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *