Pop or Not| X-Men: Apocalipse (sem spoilers)

A segunda aposta da Fox para 2016 estreou essa semana e a gente foi conferir o resultado. No Pop or Not de hoje contamos para vocês o que achamos do filme.

Não é novidade para ninguém que a Fox quase sempre erra a mão com seus filmes de super-heróis, mas depois do sucesso de Deadpool não pudemos deixar de ter esperanças. Quando a sequência de Dias de Um Futuro Esquecido foi anunciada e revelou que traria o maior inimigo do grupo, o vilão Apocalipse, os fãs ficaram igualmente ansiosos e apreensivos e a medida que a produção avançava, as desconfianças tomaram de conta.

Apesar do claro destaque à personagem de Jennifer Lawrence, Mística, nos trailers, a personagem não domina o filme, o que foi um ponto positivo. Apesar disso, as cenas em que ela aparece como, bem, Jennifer Lawrence são maioria, e chega um momento em que sentimos falta da maquiagem azul, tanto pela estética do filme quanto pelo peso e influência que ela tem na história. Passei o filme inteiro esperando ela gritar “tonight turn your weapons to the Capital, turn your weapons to Snow!” e isso quebrou muito da tensão.

x-men-apocalypse-5

O enredo poderia ser bom, afinal estamos falando de Apocalipse, aquele mesmo mutante poderosíssimo que quase nos traumatizou em X-Men Evolutions (se não lembra dos episódios, assista AQUI e AQUI), mas acabou se tornando clichê e totalmente previsível. Com o mínimo de conhecimento da história dos mutantes, seja quadrinhos, desenhos animados ou filmes anteriores, você consegue adivinhar o que vai acontecer no final já na metade do filme, e essa foi a maior decepção para mim. Tirando isso, a forma brega como Magneto, um dos personagens mais famosos e poderosos da franquia se desenvolve no longa também não convenceu.

Apocalipse peca onde quase todos os vilões de qualquer história pecam: não ser objetivo. Quer destruir o mundo? Vá lá e destrua, sem enrolações. Sem enviar mensagens para mostrar como você é poderoso, sem desestabilizar as vítimas. Apenas faça! Mas acho que os filmes terminariam de forma traumática se fosse assim, não? O humor também não foi bem empregado, trazendo piadas forçadas e que acabaram não se encaixando em muitos dos momentos em que foi usado. Os outros Cavaleiros do Apocalipse, Tempestade, Arcanjo e Psylocke foram mal aproveitados, puro desperdício de talento.

horsemen

Um dos pontos altos do filme foi a cena de Mercúrio. Não podemos falar muito sobre ela sem soltar spoilers, mas podemos garantir que é ainda melhor do que a vista em Dias de Um Futuro Esquecido e o personagem tem uma boa participação *happy face* Não consigo lembrar de outro ponto alto do filme. Talvez a sequência de abertura com os primeiros Cavaleiros do Apocalipse…

X-Men: Apocalipse é um bom filme se você estiver sem programa para o final de semana, mas nem de perto um ótimo filme de heróis como foram os outros (ou a maioria dos outros) que tivemos em 2016. Talvez tenha faltado um pouco mais de ação, uma história melhor desenvolvida e menos óbvia ou até mesmo um vilão mais cruel e que empolgasse. Ao nosso ver, Apocalipse apenas pareceu alguém que queria provar que era forte e mostrar que poderia fazer as coisas acontecerem cof cof tocar o terror cof cof ao invés de um oponente de ação à altura dos X-Men.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *