O post de hoje é especial. Isso porque estamos naquela semana de romance no ar que antecede o Dia dos Namorados e o friozinho do outono [fala a verdade *-*] meio que pede um programinha caseiro. Por isso, te apresentamos LOVE!!!

Mas, afinal, que série é essa???

Para quem está boiando, LOVE é uma série produzida pela Netflix, que foi ao ar em fevereiro deste ano. E já que estamos nesse clima de love is in the air, ela é nossa pedida tanto para você que já encontrou o amor, quanto para você que ainda não encontrou e/ou não está tão preocupado com isso no momento. LOVE é para todos e a partir de agora te daremos bons motivos para adicioná-la à sua lista de desejos.

Primeiramente, é necessário entender que Love não se trata de uma série totalmente romântica. De verdade, gente! O título sugere isso, mas não se enganem. Love é amor? É! Tem amor? Tem! Mas, ela não segue a linha “final feliz fantasioso” e essa quebra nos estereótipos que conhecemos bem é um dos motivos que dão um toque A+ na trama.

LOVE gira em torno de dois personagens: Gus (Paul Rust – Eu te amo, Beth Cooper), 31 anos, nerd, bonzinho, atrapalhado, engraçadinho, sonhador, romântico e que trabalha como professor particular em um set de filmagens. E Mickey – A Mickey, não O Mickey :B – (Gillian Jacobs – A caixa), 32 anos, descolada, desbocada, desencanada, impulsiva, viciada em drogas e bebidas alcoólicas, que trabalha como gerente de um programa de rádio, e que, mesmo cética, sonha com um amor que a faça parar com suas extravagâncias. Ou seja, pessoas diferentes, mas que, de certa forma, encontram um no outro a mesma sintonia.

poster-p-1-love-netflix-break-down

Ambos vivem um momento complicado em suas respectivas vidas amorosas. Logo no primeiro episódio acontecem mil coisas até chegada do momento mais esperado por quem assiste: quando eles, finalmente, se conhecem <3. A partir daí, é desenvolvida uma relação interessante e cômica entre os dois.

Livre de príncipes e princesas, a produção foi muito aclamada pela crítica no período de seu lançamento. E chamou nossa atenção por trazer como característica marcante a construção de personagens reais, com conversas reais, que vivem um cotidiano que se aproxima do nosso. Fora algumas falas e músicas que referenciam filmes antigos que os fãs de cinema irão amar. Tudo isso torna LOVE adorável.

Outra coisa, se você gosta de séries descontraídas, essa precisa entrar para o seu catálogo! Ela é cheia de diálogos maravilhosos, que misturam drama e comédia, maaas, ATENÇÃO! Não recomendamos que você assista com seus pais, porque a descontração vai além do diálogo [se é que você entende…]. Palavrões, cenas picantes e sem cortes estão no roteiro. Elas são necessárias por conta da proposta da série, mas é possível que você não se sinta confortável em assistir certas cenas se sua avó, por exemplo, estiver na sala. [SPOILER ALERT] O primeiro episódio é cheio de cenas adultas. No mais, a série é impagável.

Não conseguimos escolher um ou dois episódios para indicar. Love é demais para isso. Ela está em sua primeira temporada e conta com 10 capítulos, de aproximadamente 35 minutos cada, o que deixará você sempre ansioso para saber quais serão os próximos dilemas. Por isso, escolha um horário, pegue a pipoca, o chocolate, o refri, as balas ou que você quiser e seja feliz, porque a série só melhora.

E aí, conhecia LOVE? Se sim, conta pra gente o que achou. E se ainda não viu e nem tinha ouvido falar, corre para ver, porque, JURAMOS, vocês não se arrependerão.

Confiram o trailer da série:

Ah, a segunda temporada, apesar de já fechada o//, estará disponível só em 2017, mas tudo bem, a gente aguarda.

Marina Mendes
marinamendesmota@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *