Especial| Profissão Nerd

Criar uma personagem épica. Desenhar um protagonista (ou antagonista) inesquecível. Dar voz a um herói adorado pelo público. Os meios de trabalhar no mercado da cultura pop são inúmeros e o GK traz alguns para vocês neste post especial.

A gente sabe que você já se pegou pensando ao menos uma vez em como seria incrível trabalhar em qualquer coisa (literalmente, QUALQUER COISA) que te deixasse mais perto da indústria que traz à vida tantas histórias fantásticas e que conquistam cada vez mais fãs a cada dia. Se a gente já adora passar o tempo livre em meio a games, cinema, séries, livros e quadrinhos, trabalhar com isso e ganhar $$$experiência$$$ seria um sonho. E por que não torná-los verdade?

Para ajudar nossos leitores, a equipe do Geekology separou algumas profissões que podem realizar esse sonho e jogar você direto para o centro desse universo maravilhoso. Vem conferir:

Desenvolvedor de Games

model

Se a sensação de euforia já é grande ao “zerar” um jogo muito bom, imagine o sentimento de criar o SEU próprio! O Desenvolvedor de Games cria jogos eletrônicos para PC, consoles e dispositivos móveis, cuidando não só de roteiros e design de personagens e cenários, mas também gráficos e sistemas. O Guia do Estudante define esse profissional como aquele que “analisa as tendências do mercado, o comportamento do público-alvo e as características do grupo a que o jogo se destina. O profissional de design de games não cuida apenas do roteiro e dos cenários, mas também das tecnologias da modelagem e da linguagem multimídia, que integram som e imagem”.

Como começar: Há várias opções de escolas e graduações que podem ajudar a dar o primeiro passo, como a SAGA e a Universidade Anhembi Morumbi, que oferecem cursos especializados na área, com disciplinas que ensinam design, modelagem, animação, entre outros.

Repórter

interview

Você já deve ter babado de inveja (boa, inveja boa) ao ver um repórter cobrir um evento ou entrevistar alguém importante, certo? Então você sabe que essa profissão pode trazer muitos benefícios se você é um nerd de carteirinha. Repórteres geralmente são formados em jornalismo ou algum outro curso da área de comunicação, mas nem sempre é preciso ter a graduação. Sites contratam redatores e repórteres que tenham talento natural para a coisa também (ou você pode começar o seu próprio portal e trabalhar duro para crescer também, por que não?).

Como começar: Um curso na área de Comunicação é uma boa pedida, mas você também pode começar criando um site ou canal no Youtube e fazendo suas próprias reportagens. Recheie seu portfólio e tente iniciar pelos veículos menores.

Dublador

Quantas vozes não marcaram nossa infância? Dezenas? Centenas? Já pensou fazer parte da infância das próximas gerações através da sua voz? O dublador é o profissional que reinterpreta um personagem de língua estrangeira, colocando sua voz, no idioma local, sobre a dele. É preciso conseguir sincronizar a voz com o personagem que está sendo interpretado, sem perder a emoção e sentimento original. Além disso, dubladores têm acesso a materiais ainda não disponibilizados ao público e tem a chance de interpretar heróis, vilões, crianças, idosos, monstros e o que mais for preciso. Já imaginou assistir aquele filme esperado antes de todo mundo e ainda ter sua voz nele? (*—-*)

Como começar: Antes de ser dublador você precisa ser ator, então um curso de teatro é a porta de entrada. Você precisa de um mínimo de 500 horas para conseguir o DRT (registro de atores) e assim dar início a dublagem. Depois disso, invista em cursos próprios de dublagem.

Confiram o documentário da HBO sobre esses profissionais:

Escritor

tolkien

Não precisa de muita explicação. Imaginar um mundo seu, com cenários e ambientes fantásticos, criar um enredo envolvente e personagens carismáticos… Trazer tudo isso à vida! O escritor usa todo o potencial de sua imaginação para criar tramas que podem mudar o mundo, marcar uma geração, fazer história. E qualquer coisa é permitida, o céu é o limite.

Como começar: Ligue seu computador, abra um editor de textos e deixe fluir… Mas não se esqueça que bom vocabulário e riqueza cultural também são importantíssimos, por isso ler é essencial para que se possa escrever.

Desenhista/Quadrinista

mauricio

Fã de quadrinho que é fã de quadrinho já se perguntou ao menos uma vez se poderia desenhar tão bem quanto os quadrinistas dos comics que leem. Alguns levam a sério e se aventuram no mundo dos HQs, levando seu trabalho para o mundo e chegando aos patamares mais altos (há vários brasileiros no mercado internacional de quadrinhos, então a gente já sabe que é possível sim!). A profissão é ampla, possibilitando que você trabalhe não só com os desenhos, mas também com cores, roteiro e até edição ~nível avançado~.

Como começar: Obviamente você precisa ter muito talento com os traços, ou muita força de vontade para aprender, mas a dica aqui (na verdade serve para tudo) é começar com editoras pequenas e histórias pequenas. Crie uma página no Facebook com ilustrações próprias, um portfólio online, faça cursos, continue sempre se aprimorando. Grandes eventos da cultura pop costumam trazer quadrinistas de grandes editoras ao país, e há casos em que são abertos espaços para que os desenhistas mostrem seus trabalhos.

A maior dica para quem tem vontade de seguir qualquer uma dessas carreiras é ter paciência, força de vontade e não desistir, pois todos os caminhos são árduos e ninguém chega no topo logo de cara. Vai ter muito perrengue sim, mas o final vai valer a pena!

E você? Qual profissão nerd gostaria de seguir? Conta para a gente!

 

 

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *