Testado da Vez| Horizon Zero Dawn

Um dos jogos mais esperados desde seu anúncio na E3, Horizon Zero Dawn marcou sua presença em peso na BGS 2016, gerando enormes filas e ansiedade dos jogadores.

A forma que a Sony escolheu para os jogadores testarem esse título tão aguardado pelos fãs foi diferenciado. Depois de esperar na fila, você recebia um tablet com um vídeo explicativo sobre como a demo iria prosseguir e aprendia alguns controles básicos do jogo enquanto os jogadores da frente ainda testavam o game, uma boa forma de acelerar o processo de teste e evitar filas ainda maiores.

O jogo é tão lindo quanto em seus vídeos de gameplay mostrados anteriormente, então não há motivo para se preocupar em relação a downgrades ou algo do tipo. As mecânicas e o feedback para com o jogador são bastante interessantes e o esquema de controles lembra um pouco o jogo The Witcher 3 da CD Projekt. Pelo curto tempo de gameplay disponível, pude perceber que o game tem um potencial incrível como a mecânica de domar os animais para que virem seus futuros aliados, as várias formas de combater um determinado inimigo, mas…

Todos sabemos que Horizon Zero Dawn ainda não está 100% acabado, sofrendo alguns problemas de interface, que eu espero que a Guerrilla Games resolva até o seu lançamento. Pelo menos na demo, a forma de mostrar os objetivos atuais para o jogador aparecia pouco e não era muito clara, muitas vezes causando confusão entre quem testava. Outro defeito que afetava muito o teste era o seu objetivo de destruir um certo inimigo de forma furtiva, caso não fizesse, não havia como prosseguir e o jogo não dava indicações muito claras do que deveria ser feito à partir daí, sendo obrigado a sair da área da demo e tendo que reiniciá-la, podendo causar más impressões em relação ao game.

Confira o trailer e o gameplay disponíveis pelo canal da PlayStation:

nota-horizon

Quem aí testou o game na BGS? Conta pra gente o que você achou. Aprova a nota dada? O jogo estará disponível exclusivamente para PS4.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *