TV Retrô| TV Cruj e três desenhos que amávamos ver por lá

Mais um TV Retrô que chega com tudo e na edição de hoje nós temos o prazer de relembrar um programa, ou melhor, O programa e três desenhos que fizeram a cabeça de quem era fã de TV Cruj. Só venham!

Que satisfação é escrever sobre uma das atrações mais maravilhosas da minha infância. Porque sim, TV Cruj era a minha vida, era o meu feijão com arroz, o meu brigadeiro em festa de criança, ou seja, não podia faltar. Eram doses diárias e cavalares de muita diversão e se você assistia haverá de concordar comigo.

o-disney-cruj-facebook-2

A TV Cruj foi exibida no SBT entre 1997 e 2002 [saudade batendo de uma forma que não sei explicar…] e era algo totalmente diferente dos programas infantis que passavam na TV aberta. A inovação começava no momento em que o programa era apresentado pelo pessoal do Comitê Revolucionário Ultrajovem (Cruj), responsável por “piratear” o sinal do canal para transmitir às crianças o que elas realmente estavam interessadas em ver: desenho animado, claro! [Caraaa! Fala se só com essa apresentação TV Cruj já não valia recordes de audiência.]

O programa era recheado de bons desenhos, entre eles 101 Dalmatas, Hércules, Alladin, Os Super Patos e muuuitos outros que, amigos, faziam da nossa vida um universo imaginário com infinitas possibilidades. Infelizmente, o post ficaria um tanto longo se eu falasse de cada um deles, por isso escolhi três maravilhas que eu acompanhei pela TV Cruj e que fizeram da infância meu período de ouro. Confiram.

Ana Pimentinha

nk4nptzzqj1a9wokxdgllkfjrwo

Pimentinha é demais, ela só faz o que quer. Só há uma Pimentinha em um milhão. Pimentinha é demais, toda sétima confirma. Não dá pra alcançar a Pimentinha…

Gente do céu! Eu ouço essa música e meu coração já bate mais forte porque MDS! Pimentinha era demais mesmo! Se você já assistiu sabe do que estou falando, mas se você ainda não teve a oportunidade de ver, vá agora deleitar seus olhos e sua mente para essa obra-prima do mundo animado.

Ana Pimentinha foi uma produção da Disney que teve seu primeiro episódio exibido em 1997 e seu último [para nossa tristeza] em 2000. O desenho acompanhava a vida de uma garota de 12 anos que morava com a mãe divorciada, a irmã mais nova e seu gato laranja. A jovem vive os dilemas que toda garota na pré-adolescência já viveu: as espinhas, as rivalidades, o primeiro amor e altas aventuras com os melhores amigos. Eu confesso que não perdia um episódio e que, inclusive, já revi várias vezes. Se você gosta de diversão tá aí uma dica incrível!

A Hora do Recreio

1280x720-sw4

Acho que dizer que A Hora do Recreio é um dos melhores desenhos animados do planeta já seria o bastante, porque, gente, o que era esse desenho?

Exibido na TV Cruj a partir de 2000, o desenho, de 1997 que também é uma produção da Disney, é considerado até hoje um dos mais f**** da TV Cruj. Imagine você se seus colegas de classe, até então pessoas normais, fizessem parte de sociedades secretas que se encontravam na hora do intervalo da escola… Tenso, né! Pois era justamente isso que acontecia todo dia em A Hora do Recreio. Sério, se você não acompanhou a vida acadêmica do grupo de amigos mais sensacional dos desenhos ainda está em tempo!

Doug Funny

maxresdefault

Só a abertura já me deixa arrepiada, é muita nostalgia para um desenho só, Brasil…

Doug Funnie foi uma série animada exibida entre 1991 e 1999 que acompanhava a vida de Douglas, um garoto de 12 anos que, assim como Pimentinha, vivia seus dilemas normais para qualquer garoto de sua idade. Um de seus maiores medos era se declarar para Patti, a garota mais legal da escola, até eu era apaixonada por essa menina, ela era perfeita, gente <3 Fora que Doug, talvez, a criança mais sonhadora da história da animação, acompanhado de seu melhor amigo Skeeter, se envolvia nas melhores e nas maiores aventuras que nós crianças sempre quisemos viver.

Ah, e Doug tem um cãozinho. Costelinha, seu cachorro azul, que só falta falar, porque até xadrez ele joga.

E aí, deu saudade da TV Cruj e dos desenhos maravilhosos que ela exibia? Comente também qual animação marcou sua infância e se você também era fã desse programa, porque, para nós do GK, ele poderia existir até hoje.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *