Nas últimas semanas, as redes sociais foram invadidas por diversos posts sobre a nova série da HBO, Westworld, que estreou em 2 de outubro de 2016, por seus vários mistérios e uma trama complexa e instigante, e que muitos estão considerando a sucessora de Game Of Thrones (que está entrando em suas 2 últimas temporadas). Além de diversas teorias sobre o que iria ocorrer e estava ocorrendo no decorrer da 1ª temporada que teve seu último episódio transmitido dia 4 de dezembro, surgiram mais e mais teorias sobre o que iria acontecer na temporada seguinte após o impactante 10º e último episódio da temporada, mas vamos falar sobre a série em si.

A série Westworld é baseada em um filme de mesmo nome que foi lançado em 1973 e que já estava sendo considerado fazer um remake há muitos anos. Foi então que a HBO resolveu presentear-nos com esta obra prima em formato de seriado. Começando por seu elenco esmagador com Anthony Hopkins (nosso Hannibal Lecter interpretando Dr. Robert Ford), Ed Harris (O homem de preto), Evan Rachel Wood (Dolores Abernathy) e o brasileiro Rodrigo Santoro (Hector Escaton). A série já nos deixou interessados desde quando foi anunciada, mas sobre o que é Westworld?

screen-shot-2016-10-24-at-2-38-09-pm1

A história do seriado se passa em um futuro tecnológico e é focada em Westworld, um parque temático que simula o velho oeste. Esse parque é povoado por androides feitos à imagem e semelhança dos humanos, que são chamados de anfitriões e que interagem com os “recém-chegados” (que são as pessoas ricas que frequentam o parque) de uma forma muito natural. Estes androides foram construídos tão perfeitamente que eles quase possuem consciência própria, possuem todos os sentimentos humanos e ainda sentem dor. Cada um desses anfitriões possuem uma história própria para se encaixar na narrativa principal do parque, eles vivem essas histórias até completar um ciclo e então são colocados em sua posição inicial após terem sua memória apagada para começar o ciclo de novo.

Imaginem um RPG, você cria seu personagem e entra no jogo, só que esse personagem é pessoalmente você mesmo e os androides são os NPC’s desse RPG. Os visitantes podem fazer o que quiserem dentro do parque sem se preocupar com regras ou leis e claro, sem se preocupar em serem mortos pelos anfitriões, o que parece ser muito interessante, certo? Claro que sim, mas já desde seu primeiro episódio nos jogam em um mistério de que coisa boa não vai acontecer nesse parque, principalmente quando alguns dos anfitriões começam a apresentar “problemas” um tanto sério.  Daí que começam a surgir as teorias malucas sobre, por exemplo, quem é o homem de preto que sai tocando o terror pelo parque matando vários anfitriões e que não tem seu nome ou relação direta com alguém revelado até o último episódio? O que o Dr. Ford está planejando desde o início? São muitas perguntas que só começam a ser respondidas nos episódios finais quando tudo começa a fazer sentido.

160819-westworld-s1-blast-09-1280

Como todo início de série, os primeiros episódios são destinados a apresentar ao público o universo da série, a rotina dos personagens, trama principal, e claro, os grandes mistérios que nos deixam malucos. A história começa a ‘’pegar fogo’’ mais ou menos na metade da temporada quando um dos anfitriões está sendo restaurado e ele acaba acordando sozinho, se perguntando o que estava acontecendo, para descobrirmos mais tarde que ele não acordou por acaso e sim que alguém o programou para fazer isso, agora o porquê? Ah meus caros, isso eu vou deixar para vocês descobrirem assistindo ao que pode ser uma das melhores séries da década e que não deixou somente eu, mas sim uma legião de pessoas boquiabertas com todas as revelações e com os 2 últimos episódios que deixariam qualquer sériemaníaco sem saber o que falar.

Para todos que gostam de uma história bem contada, uma trama excelente e personagens sensacionais essa série é pra você, recomendo fortemente, você não vai se arrepender.

Confira o trailer:

E você? Já conferiu Westworld? O que achou? Conta pra gente qual episódio foi mais marcante.

nota-ww

Marina Mendes
marinamendesmota@gmail.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *